Loading...
Saiba mais
  • RDI - Reconstrução dentoalveolar imediata

    Os dentes anteriores, que são os principais responsáveis pelo sorriso, algumas vezes são acometidos por situações que inviabilizam a sua manutenção. Quando o diagnóstico criterioso indica a sua remoção, faz-se oportuna a manutenção máxima da estrutura óssea e gengival que vão permanecer. Assim, se torna possível a reconstrução dentária, dos tecidos duros e moles em um único procedimento e de forma minimamente invasiva com alta previbilidade.

  • Preservação alveolar

    Atualmente, quando extrações são indicadas, após as manobras realizadas para extrair o(s) dente(s), não se aceita apenas suturar o espaço (dar pontos). Autores renomados estudaram que parte do osso está presente enquanto o dente permanecer. Assim, sabe-se que um preenchimento adequado, com biomateriais confiáveis, do espaço deixado pelo dente removido é capaz de preservar o contorno gengival e manter a estrutura óssea para a nova reabilitação, dispensando, na maior parte das vezes, enxertos ósseos e gengivais.

  • Cirurgia guiada

    Técnica cirúrgica empregada com planejamento virtual que possibilita instalar implantes sem cortes ou com mínimos acessos. Proporciona ao cliente menor risco e mais conforto pós-operatório.